Profissionais

Clínicas

Academias

Farmácias

Óticas

Produtos e Equipamentos

Laboratórios
 

 

 

 

Dor no ombro - Bursite

 


Dr. Aldo José Fernando da Costa

Ortopedia e Traumatologia
Especialista em Cirurgia do Joelho,
Cirurgia do Quadril,
Artroscopia

 

   O OMBRO É SEDE FREQÜENTE DE DOR. EXISTEM VÁRIAS PATOLOGIAS QUE PODEM SER A ORIGEM DESTA DOR, ENTRE ELAS: SÍNDROME DO IMPACTO, TENDINITE CALCÁRIA, OSTEOARTROSE, SUBLUXAÇÃO, OMBRO CONGELADO E TUMORES.

   DESTAS PATOLOGIAS A MAIS FREQÜENTE É A SÍNDROME DO IMPACTO, POPULARMENTE CONHECIDA COMO "BURSITE". ESTA PATOLOGIA ACOMETE MAIS MULHERES QUE HOMEM, E OS SINTOMAS ORIGINAM-SE GERALMENTE APÓS OS 25 ANOS DE IDADE, AUMENTANDO A FREQÜÊNCIA APÓS OS 40 ANOS.

   SUA ETIOLOGIA PARECE ESTAR RELACIONADA A VÁRIOS FATORES: DESEQUILÍBRIO DA MUSCULATURA DO OMBRO POR ENFRAQUECIMENTO, RETRAÇÕES CAPSULARES E ALTERAÇÕES NO FORMATO DOS OSSOS DO OMBRO.


   INICIALMENTE TEMOS UM PROCESSO INFLAMATÓRIO LEVE, QUE SE ACENTUA COM O DECORRER DO TEMPO CAUSANDO UMA TENDINITE LOCAL E PODE EVOLUIR ATÉ COM RUPTURA MUSCULAR.

   AS PESSOAS GERALMENTE SENTEM DOR LEVE NA FACE LATERAL DO OMBRO, QUE PIORA QUANDO FAZ ATIVIDADES COM O BRAÇO ELEVADO, E À NOITE, QUANDO DORME SOBRE O LADO AFETADO. COM O PASSAR DO TEMPO A DOR ACENTUA-SE E PODE TER UM EPISÓDIO DE MUITA DOR COM UM TRAUMA LEVE, COMO LEVANTAR UM PESO.

   NOS CASOS MAIS AVANÇADOS, PODE HAVER LIMITAÇÃO DO MOVIMENTO, PERDA DA FORÇA MUSCULAR, ATROFIA DA MUSCULATURA DO OMBRO E CREPITAÇÃO À MOVIMENTAÇÃO.

   O DIAGNÓSTICO GERALMENTE É FÁCIL, E DEVE SER FEITO COM UM BOM EXAME FÍSICO, RADIOGRAFIAS E SE NECESSÁRIO ULTRASOM DO OMBRO PARA AVALIAR LESÕES TENDÍNEAS. O FATOR MAIS IMPORTANTE É DESCARTAR TODAS AS OUTRAS PATOLOGIAS QUE ACOMETEM O OMBRO E PODEM PROVOCAR SINTOMAS PARECIDOS.

   O TRATAMENTO GERALMENTE É EFICAZ, COM BONS RESULTADOS, E É REALIZADO A PARTIR DE REEDUCAÇÃO NOS HÁBITOS DIÁRIOS, ALONGAMENTOS CAPSULARES E REABILITAÇÃO MUSCULAR ADEQUADA.

   APENAS NOS RAROS CASOS ONDE NÃO SE OBTÉM SUCESSO COM O TRATAMENTO CONSERVADOR OU NOS CASOS AVANÇADOS ONDE HÁ RUPTURA EXTENSA DA MUSCULATURA FAZ-SE A OPÇÃO POR TRATAMENTO CIRÚRGICO.