Profissionais

Clínicas

Academias

Farmácias

Óticas

Produtos e Equipamentos

Laboratórios

Serviços Complementares
 

 

 

 

 

Dr. Arlindo José Vetorazzo
Fisioterapeuta
Formado em Watsu pela 
Wordwide Aquatic Bodywork Association

 

WATSU

     O Watsu foi criado no início da década de 80, em Harbin Hot Springs, onde Harold Dull, o criador da técnica, foi para ensinar o Zen Shiatsu que havia estudado no Japão com Masunaga, quando ele começou a flutuar os pacientes nas piscinas aquecidas, aplicando os movimentos e os alongamentos do Shiatsu. Esses alongamentos e pressões libertam bloqueios ao longo de nossos meridianos, os canais através dos quais nosso Chi ou nossa energia vital flui.

   No oriente, o alongamento é uma terapia mais antiga que a acupuntura e esses movimentos se concentram em pontos ao longo dos meridianos e têm como finalidade fortalecer, tonificar e aumentar a flexibilidade e a amplitude de movimento. Harold Dull descobriu que esses efeitos são mais intensos quando se alonga alguém flutuando na água morna. 

   Isso foi confirmado por Fisioterapeutas; que, trabalham com disfunções e incapacidades físicas, concluíram que o Watsu promove um aumento de amplitude de movimento maior que os métodos tradicionais. Até mesmo alguém insuficientemente flexível para ser colocado nas posições mais complexas do Watsu, recebe grandes benefícios por seus simples embalos e torções graduais. 

   E como o alongamento e a rotação de braços e pernas abrem os meridianos, fluindo melhor as energias; o paciente experimenta uma maior flexibilidade e reprograma os seus receptores para uma postura mais suave e flexível fora d’água.

DESCRIÇÃO DE UMA APLICAÇÃO DO WATSU

O WATSU é uma técnica de terapia corporal realizada em piscina coberta e aquecida, com música suave, onde o Fisioterapeuta realiza uma seqüência de movimentos durante uma hora, promovendo passivamente para o paciente, mobilização de todas as articulações, alongamento das cadeias musculares e fáscias, trações e pompagens da coluna vertebral, rotações de tronco e articulações proximais.  O Fisioterapeuta realiza massagens de pressão pontual nos pontos preestabelecidos no trajeto dos meridianos e ainda pode associar qualquer outra forma de massagem que seja do seu conhecimento. O watsu permite ao Fisioterapeuta ser bastante criativo e isso é a base de todos os trabalhos corporais. Todos os movimentos são passivos e contínuos, onde o paciente experimenta uma situação de relaxamento muito intensa e as posturas associadas esse estado de inconsciência faz com que o paciente recorde com facilidade, de situações e fases de sua vida.

     O WATSU afeta e trabalha o paciente em todos os aspectos: emocional, físico e psicológico, pois cada pessoa recebe o toque com um sentimentodiferente; muitos recebem com tristeza de não terem sido tocados antes, outros com alegria e satisfação de estarem recebendo atenção e sustentação e ainda outros que recebem essa terapia com dor e insatisfação, provocados por sentimentos indesejados que estavam aprisionados em partes do corpo, que o WATSU traz à tona com conhecimento e isso é bom, pois cada problema esquecido que vem à tona, pode ser resolvido nesta fase em que o paciente se encontra.

INDICAÇÕES DO WATSU

O WATSU pode ser utilizado por qualquer pessoa(adulta ou criança,gestante,idoso,etc..),desde que se respeite as precauções e contra-indicações que veremos abaixo. Existem várias patologias em que o WATSU pode ajudar no seu tratamento, e também pode ser usado por pessoas que não são portadoras de alguma patologia física, que estão cansadas ou estressadas e querem relaxar. Sua principal indicação é o relaxamento, e alivio de tensões.

PRECAUÇÕES E CONTRA INDICAÇÕES

Na avaliação o Fisioterapeuta, deve determinar a intensidade do quadro algico, quais os movimentos que provocam a dor, se o paciente apresenta alguma instabilidade articular, osteoporose severa(aumenta o risco de fratura,com manobras mais intensas,deve-se fazer manobras mais suaves), labirintite, e todas as contra-indicações para as terapias aquáticas como: incisões cirúrgicas recentes, alterações cutâneas, doenças de pele, hipotonia muscular severa(tempo menor,com temperatura menor).Com base nesses conhecimentos, o Fisioterapeuta, determinará a seqüência ideal para seu paciente.

VANTAGENS DO WATSU

O WATSU permite ao Fisioterapeuta trabalhar e fazer flutuar na superfície da água, pacientes das mais variadas estaturas, peso e idade, sem fazer uso de bóias e coletes. Tocando o paciente em apenas dois ou três pontos, o Fisioterapeuta, consegue realizar manobras, alongamentos e massagens pontuais, que são recebidos confortavelmente pelo paciente. O WATSU pode ser recebido por qualquer pessoa que tenha interesse de receber uma técnica de relaxamento, pode ser realizado por grupos de hidroginástica no final da aula, por grupos de terceira idade promovendo uma maior integração social.