Profissionais

Clínicas

Academias

Farmácias

Óticas

Produtos e Equipamentos

Laboratórios
 

 

 

 

Qual a diferença entre a bioplastia e o preenchimento?

Dr. Sidney D'Andrea  
Cirurgião Plástico
membro titular e especialista da SBCP
       


    Atender em consulta um adolescente exige um bom preparo do especialista, superior a exclusiva formação em cirurgia plástica.

    Uma das características dos adolescentes atuais é a irreverência e a maneira incisiva como dizem querer alguma forma de tratamento.

    Contudo, pela sua própria natureza, o adolescente também pode se apresentar de forma totalmente oposta. Inseguro, calado, esperando que as coisas aconteçam.
   
    Não importa com qual das duas imagens se apresente, o adolescente-cliente deve ser ouvido e, de preferência sem maiores interferências dos pais que geralmente os acompanham.

    Deve o cirurgião questionar diretamente ao seu jovem cliente, procurando saber quais são suas queixas e, principalmente, quais são as suas expectativas.

    O momento da consulta é exatamente para isso: ouvir os desejos e fantasias do cliente para, só depois que isso ficar bem explicitado, procurar mostrar a realidade da cirurgia plástica, a realidade da própria medicina. Que tem limites e que não corresponde a uma atividade de deuses, mas de seres humanos treinados e qualificados para tal.

    Se o tratamento desejado corresponder ás possibilidades para aquele caso, deve o cirurgião mostrar com clareza como ele poderá ser feito, quais são as suas chances de sucesso e quais as exigências pré, e pós-operatórias indispensáveis para o bom êxito da cirurgia.

    No que diz respeito aos procedimentos médico-cirurgicos mais freqüentes na adolescência pode-se enumerar:

Ginecomastia - mamas masculinas
Hipertrofias mamárias femininas- redução de mama
Hipotrofias mamárias femininas- prótese de mama
Deformidades nasais - rinoplastia
Lipohipertrofia localizada- lipoaspiração


  Quando é indicado procurar um medico para resolver o problema de mamas masculinas?


   A ginecomastia ocorre com relativa freqüência em jovens do sexo masculino de 12 a 18 anos, quando por influência hormonal ou por obesidade as mamas se acentuam.

   Essa patologia traz enorme desconforto para o jovem paciente que se recusa a praticar esportes para não ter que tirar a camisa. Mesmo as camisetas mais justas são totalmente excluídas de seu vestuário.

   Antes da indicação cirúrgica é importantíssima uma boa propedêutica para se afastar a existência de problemas endocrinológicos mais graves. Uma consulta com o endocrinologista muitas vezes pode ser de grande utilidade.

   Geralmente o resultado é extremamente satisfatório, tanto do ponto de vista clínico quanto psicológico para o jovem paciente.

  Quando é que posso recorrer a redução de mama sem comprometer meu desenvolvimento?


   O ciclo menstrual tem início, quase sempre em torno dos 12 ou 13 anos de idade. Nessa época já tem início o crescimento das mamas que pode rapidamente atingir grandes volumes, trazendo desconforto físico e psicológico para a adolescente.

   A época ideal para se indicar uma cirurgia redutora das mamas é após um tempo de 3 anos de ciclo menstrual regular, somado à informação de que o tamanho das mamas se encontra estável há mais de um ano.

   Nessas condições pode-se perfeitamente fazer uma cirurgia redutora, desde que se utilizem técnicas que respeitam inteiramente a anatomia e a fisiologia das mamas.

   Técnicas que, com o propósito de evitar futuras ptoses ou para evitar incisões maiores, modificam a anatomia de modo radical, devem ser evitadas. Não se justifica impedir uma possível amamentação no futuro nem a perda da sensibilidade erótica somente com a desculpa de se tentar manter mamas levantadas e sem cicatrizes aparentes.

  Quando é indicado procurar um medico para resolver o problema de mamas masculinas?


   A ginecomastia ocorre com relativa freqüência em jovens do sexo masculino de 12 a 18 anos, quando por influência hormonal ou por obesidade as mamas se acentuam.

   Essa patologia traz enorme desconforto para o jovem paciente que se recusa a praticar esportes para não ter que tirar a camisa. Mesmo as camisetas mais justas são totalmente excluídas de seu vestuário.

   Antes da indicação cirúrgica é importantíssima uma boa propedêutica para se afastar a existência de problemas endocrinológicos mais graves. Uma consulta com o endocrinologista muitas vezes pode ser de grande utilidade.

   Geralmente o resultado é extremamente satisfatório, tanto do ponto de vista clínico quanto psicológico para o jovem paciente.

  A prótese de silicone pode ser colocada a partir de que idade? Posso escolher qualquer tamanho?


   Quando uma jovem atinge seu 3º ano de ciclo menstrual normal, conservando mamas extremamente pequena – ou até quase ausentes – deve-se recorrer à endocrinologista como primeira etapa de tratamento. Caso o problema persista, a solução será a colocação de próteses mamárias de silicone. Afinal, tanto as mamas exageradamente grandes como as demasiadamente pequenas constituem problemas psicológicos importantíssimos para uma jovem mulher.

   Muitas controvérsias surgiram em torno delas, porém hoje se sabe que se trata de material seguro e de ótima indicação para os casos específicos.

   Contudo o aumento exagerado, desproporcional, é uma violência contra a natureza e deve ser evitado. O tamanho das próteses deve proporcionar à paciente mamas confortáveis e de acordo com seu padrão corporal e torácico.

   Sua colocação tanto pode ser detrás do músculo peitoral como acima do músculo, detrás das glândulas. Em qualquer das duas posições a prótese ficará bem ocultada, sendo quase imperceptível à apalpação. E não interfere com a fisiologia mamária já que está por detrás da glândula, apenas projetando-a para frente. Assim como não impede futuros exames preventivos do câncer mamário.

  Qual a idade ideal para se corrigir o nariz?


   As deformidades nasais mais comuns são:

   Rinomegalia – caracterizada pela presença de uma giba ou dorso nasal elevado, ponta projetada e por vezes globosa.

   Ponta globosa – caracterizada por uma aparência arredondada da ponta sem, contudo ter alguma deformidade no corpo nasal.

   Nariz negroide – caracterizado por um dorso baixo associado a uma ponta larga e achatada.

   Rinoescoliose – caracterizado por um desvio lateral da pirâmide nasal, quase sempre acompanhado de desvio do septo, com obstrução respiratória mais ou menos acentuada.

   Pode ser congênita tanto quanto seqüela de traumas da infância.

   Todas essas deformidades podem ser corrigidas após a idade de 14 anos, dependendo do estado evolutivo do adolescente. Se ele ou ela se apresenta com desenvolvimento normal para a idade, a cirurgia pode ser realizada sem qualquer inconveniente. Contudo, cabe ao cirurgião ser o menos traumático possível.

   Hoje, a tendência nas rinoplastias é evitarem-se os narizes demasiadamente pequenos e as pontas excessivamente levantadas, proporcionando um resultado, o mais natural possível.

  A lipoaspiração pode ser indicada a qualquer pessoa?


   Os acúmulos gordurosos localizados, mais comuns no adolescente são no abdômen, nos flancos, nas nádegas, nos culotes, na face interna das coxas e dos joelhos.

   Jovens com mais de 14 anos de idade, desde que bem avaliados e com indicação cirúrgica precisa, podem ser submetidos a esse tratamento. É, contudo, essencial que sejam bem orientados no sentido de que não se trata de uma solução definitiva e que, portanto exigirá dele um cuidado posterior para não ter outros ganhos gordurosos no corpo.

   A lipoaspiração não deve ser agressiva nem ter preocupação de “ retirar tudo” como pedem alguns pacientes. O tecido gorduroso é muito importante para a saúde do organismo e deve ser mantido numa certa quantidade indispensável ao correto funcionamento do organismo.

   A retirada deverá ser cuidadosa, sem exageros. E o mais importante não será “quando” saiu, mas o que ficou. Afinal, o que sair será desprezado enquanto o que ficar é que irá dar a nova forma corporal à pessoa.

  Existem outros procedimentos que são procurados na adolescência?


   Outros procedimentos cirúrgicos, como a correção de orelhas em abano ou de algumas deformidades congênitas são procurados na adolescência quando elas não foram corrigidas apropriadamente na infância.

   E outros procedimentos menos comuns podem ser solicitados por paciente adolescente, porém esses são os mais comuns.

 


 clique no nome para acessar o cadastro profissional  Dr. Sidney D'Andrea