Profissionais

Clínicas

Academias

Farmácias

Óticas

Produtos e Equipamentos

Laboratórios

Serviços Complementares
 

 

 

 

Obesidade e acupuntura


 
Dra. Marília C. Ribeiro Funes

 
Médica
 Anestesiologia / Acupuntura / Dor

 

  
   A obesidade normalmente cursa com vários fatores adjuvantes que dificultam o tratamento. 

   Fatores esses de difícil controle, como a ansiedade, compulsão por determinados alimentos, hábitos e horários desregrados e problemas de auto imagem.


 
  Muitas pessoas me perguntam se a acupuntura emagrece : a resposta é “não”, se estivermos buscando um “caminho mágico”. Do mesmo modo os remédios para tirar o apetite, as dietas milagrosas e os exercícios, quando realizados sem critério, sem acompanhamento e de maneira errática, não levarão a uma perda de peso significativa , e mais importante, duradoura e com “saúde”.


   Os remédios ajudam “a queimar” e a “tirar o apetite”, mas se a pessoa comer menos mas os alimentos forem calóricos demais, a perda de peso será pequena, com agravante dos efeitos colaterais e o efeito rebote ( engordar até mais do que antes) ao parar a medicação, por isso devem ser utilizados se forem realmente necessários, com indicação e controle médico.

   As dietas da moda, sem acompanhamento profissional, podem levar a perdas nutricionais importantes como anemia e hipovitaminoses. 

   É importante lembrar que a orientação nutricional não é uma mera tabela de calorias: ela começa ensinando desde a mastigação até os melhores alimentos e temperos para aquele indivíduo, na tentativa de extrair o prazer de cada bocado, que pode até ser pequeno, mas suficientemente prazeroso, para que não se deseje repetir. 

   Vale lembrar que de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa ( MTC), os alimentos não são meras fontes de calorias, mas devem ser preparados de modo a alegrar os olhos, aguçar o olfato e fornecer a energia necessária ao organismo, proporcionando alegria para o corpo, a alma e o espírito.


  
Por isso é importante para a MTC não levar os problemas e a irritação para a mesa, nem fazer a refeição na frente da televisão ou do computador : os sentidos devem estar ligados no alimento, saboreando e compartilhando aquele momento com a família ou os amigos e pode ser uma ótima hora para colocar em dia a conversa com os filhos, por exemplo.

   E quanto aos exercícios ? Ah, aquela caminhada na praça, tudo sempre igual!

   Para a MTC caminhar melhora a circulação de energia, mas se o objetivo for gastar calorias, o efeito não é o desejado, porque o corpo se acomoda aquele mesmo ritmo sempre e começa a gastar menos para a mesma atividade. 

   Por isso nada como um profissional para estimular e ensinar a exercitar os vários grupos musculares, variando os exercícios e corrigindo a postura, para se obter um melhor aproveitamento e maior gasto calórico. 


  Voltando a pergunta inicial, a acupuntura pode sim ajudá-lo a emagrecer e a passar por todos os “martírios” acima, com melhor humor, diminuindo a ansiedade e a irritação, regularizando o sono, o metabolismo, reduzindo as compulsões alimentares e atuando também nas dores e/ou outras doenças concomitantes.


  
O tratamento com a MTC focaliza o indivíduo : corpo e mente são um só.

   Falando em mente, às vezes, necessitamos de alguém para nos orientar a “pensar “ e redefinir caminhos, porque para emagrecer e principalmente para manter o peso desejado, são necessárias mudanças a curto e longo prazo, precisamos nos preparar para elas, mas ao final vale a pena viver mais saudável, feliz e “leve”.


 clique no nome para acessar o cadastro profissional Dra. Marília C. Ribeiro Funes