Profissionais

Clínicas

Academias

Farmácias

Óticas

Produtos e Equipamentos

Laboratórios

Serviços Complementares
 

 

 

 

 


Lilian Gorayb da Cruz Cherici
Professora de Yoga e Meditação 
Terapeuta Corporal de abordagem Holística 

 

   A palavra YOGA (Yuj do Sânscrito), em seu sentido mais comum, significa junção, união, integração. Tem sua origem nos UPANISHADS (parte filosófica dos vedas - a mais antiga literatura sagrada da humanidade).

   De acordo com o BHAGAVADGITA, outro importante tratado indiano - seu significado mais profundo é: eficiência na ação, o supremo segredo da vida, aquilo que gera indizível felicidade, serenidade, e o que extingue a dor.

   A milenar disciplina indiana que abrange todos esses significados, trata-se de uma antiga tecnologia psicossomática, que tem como objetivo acessar o mais alto potencial humano, através da libertação e expansão da consciência para atingir espiritualidade plena, ou seja, trata-se da relação CORPO MENTE E CONSCIÊNCIA, que se faz entender sobretudo pela prática..

   O sábio indiano Patanjali por volta de 400 A.C. codificou e sistematizou a experiência de 5000 anos desta ciência em seu YOGA SUTRAS, e afirma que "yoga é a cessação dos turbilhões da mente, a inibição das flutuações mentais e quando isso acontece, o observador repousa em sua própria natureza."

   Para entender isso, deve-se considerar que a cultura indiana vê o homem como um todo, no qual se expressam simultaneamente corpo físico X sistema sensorial X ego X intelecto e consciência. A prática do Yooa e meditação pode isolar o excesso de atividade do ego, da mente e do intelecto, para despertar a consciência no corpo todo, levando o praticante ao desenvolvimento e equilíbrio de suas capacidades físicas e psíquicas.
   Segundo Lilian Cruz, terapeuta corporal e prof. de Yoga, um exemplo prático desta afirmação, são os Ásanas - posições corporais que tem efeito poderoso sobre o organismo. Durante estas posturas, a atenção da mente é desviada para uma percepção sensorial mais ampla do corpo. Ao serem executados, essas posturas, solicitam músculos que criando uma adaptação postural e respiratória que ampliam a consciência corporal atingindo o processo mental do praticante.

   Assim, o controle e disciplina da mente está vinculado ao trabalho corporal através dos Ásanas, ou posturas psicofísicas, que representam a expressão do homem integral em manifestação saudável e plena, de sua unidade física - emocional - mental e espiritual.
   Segundo Dr. Luis Cherici, médico e prof. de yoga e meditação do Corpo Consciência - durante os estados normais da consciência, os pensamentos manifestam-se em fluxo contínuo e tem efeitos concretos no corpo. A sensação de medo pode se transformar em tensão muscular, a ansiedade torna a respiração curta e superficial. Sustos e stress desestabilizam-se a pressão arterial. Depressão afeta a postura física e enfraquece o sistema imunológico. Mente superficial e agitada produz respiração superficial e agitada. Aquietando-se e aprofundando a respiração, as ondas mentais se acalmam e se equilibram.

   Portanto, se a mente ansiosa é capaz de tencionar um músculo, o alongamento muscular coordenado com a respiração no Ásanas, é capaz de distencionar a mente.

   E é assim que o yoga funciona para a saúde, trazendo benefícios para todos os órgãos e sistema do corpo, além de promover o rejuvenescimento, alívio dos efeitos do stress e conquista da serenidade mental.
 EXERCÍCIO FÍSICO E CONSCIÊNCIA MÍSTICA

   Por mais paradoxal que pareça, qualidade de vida não era o verdadeiro objetivo desta prática. Os antigos yogues que viviam em florestas e cavernas tinham uma meta muito mais elevada: a preparação para a meditação sendo que saúde era uma mera consequência. Hoje, Oriente e Ocidente associam recursos para estudar com intensidade os benefícios terapêuticos do yoga para o ser humano que vive em um mundo agitado, poluído e desequilibrado. Fica distante o tempo em que o yoga era exclusivo para monge e swamis, hippies e alternativos.

   Hoje o YOGA é também uma necessidade ecológica, um recurso de assepsia, que conduz o indivíduo para o gerenciamento de seu ser integral, distanciando-se das mazelas do stress, do pânico, das neuroses, das dores e desequilíbrios suscetíveis de ocorrer em uma época tão atribulada.

   Posturas corporais e exercícios respiratórios são apenas 2 aspectos mais conhecido no Ocidente, de um sistema que possue 8 ETAPAS, que vão desde disciplina ética e moral até absorção meditativa.

   No conjunto de suas técnicas estão: os ÁSANAS ou posturas psicofísicas: PRANAYAMA - domínio da respiração, BANDHAS - retenções e contrações voluntárias, KRYAS - técnicas de limpeza, MUDRAS - gestos simbólicos arquetípicos, MANTRAS - a poderosa ciência do som, PUJA - reverência mental que pode mudar a vibração da mente, PRATYAHARA - libertação do jugo dos sentidos, DHARANA ou concentração de DYANA ou meditação.

   Essas técnicas atuam no organismo removendo bloqueios, aliviando tensões, liberando o corpo, acalmando a mente e iluminando o intelecto.

YOGA é muito mais que ginástica corporal. É o ápice de milênios da experiência entre corpo mente e consciência. 

Uma ciência filosófica comportamental, um estilo de vida e um estado de consciência que oferece ao ser humano a possibilidade de atingir sua plena realização com todas as coisas da terra.